• Robson Martins

Capital Social: descubra como calcular o seu

Atualizado: Jul 1

Assim que um empreendedor decide abrir uma empresa, ele logo se depara com a necessidade de definir um capital social.


Essa quantia se refere ao valor investido na abertura e manutenção do negócio enquanto ele ainda não se sustenta.


No entanto, definir essa quantia não é uma tarefa tão simples assim, afinal, um empreendimento possui diversas variáveis.


Por isso, a Medzo trouxe um artigo completo para você aprender a como calcular o seu. Continue lendo!


O que é capital social?

O capital social é o montante investido pelos sócios ou acionistas para a abertura da empresa.


Assim como o início de qualquer negócio, não há uma larga disponibilidade de caixa no começo, sendo preciso investir uma quantia para as operações rodarem primeiro.


MEDZO Consultoria Financeira - Descubra como calcular o seu Capital Social

Por exemplo, Carlos e Felipe querem abrir uma loja de roupas juntos. Para isso, é preciso reservar dinheiro para:

● Alugar ponto comercial;

● Comprar mercadoria;

● Adquirir a mobília;

● Comprar a máquina de cartão;

● entre outros custos.


Esses custos são considerados investimentos para que a loja comece a funcionar e, posteriormente, dê lucro.


Qual é a sua importância?

Basicamente, esse dinheiro manterá o negócio operando enquanto ele ainda não gera lucro o suficiente para se manter, então, saber como definir o capital social vai garantir o funcionamento da sua empresa.


Sem ele, provavelmente, você precisará pedir empréstimos para certificar a manutenção das atividades da corporação ou começar o negócio sem planejamento financeiro algum.


Outro motivo para definir o capital social de uma empresa é o pedido de declaração desse valor para abrir, formalizar o empreendimento e assim pegar o CNPJ.


Ademais, saber o quanto cada um investiu é essencial para determinar a % da empresa equivalente aos sócios, caso o negócio possua mais de um dono.


Como definir o capital social?

O conceito do termo é até simples, mas chegar ao valor dessa quantia não é tão fácil assim, afinal, todo negócio possui diversas variáveis e demanda custos particulares que, muitas vezes, são descobertos apenas depois.


Então, como definir o capital social?


A indicação para quem não possui esse valor predeterminado seria iniciar a empresa com R$ 1.000,00, que é o valor recomendado para abrir um negócio na modalidade Empresário Individual ou Sociedade Limitada.


Dessa forma, você pode começar a empresa logo e alterar depois caso seja necessário.


Contudo, se você quer definir seu capital social, trouxemos 3 passos simples para você calcular. Confira:


1 - Calcule os custos para abrir o negócio

Quanto a sua empresa precisa para começar a funcionar? Quais são os custos operacionais?


Os custos de operação são aqueles ligados à realização das atividades da empresa. São alguns exemplos deles:

● Salário de funcionário

● Fornecedores de produtos

● Conta de luz, água e entre outras.


Assim, você precisa sentar junto aos outros sócios da empresa e calcular os custos que a empresa irá demandar.


Possivelmente, esse não será o valor concreto, mas é uma estimativa — uma dica é adicionar uma margem de segurança de 5% a 10%.


2 - Estipule os custos de manutenção

Depois, é interessante determinar o custo para que a empresa continue funcionando durante um tempo mesmo sem lucro.


Na etapa anterior, definimos quanto precisaria para abrir a empresa e agora, calcularemos quanto necessita para o negócio continuar operando por um período.


Para isso, é interessante estimar em até quanto tempo a empresa dará um retorno capaz de cobrir as suas despesas.


Você pode basear isso, sobretudo, nas metas de vendas e faturamento definidas para o negócio e assim obter uma estimativa de retorno com o tempo.


3 - Comece com o valor mínimo

No início, é melhor iniciar a empresa com um valor enxuto para já começar a movimentar o caixa e obter os primeiros resultados.


Então, ao determinar o valor do seu capital social, opte pelo valor mínimo para o empreendimento funcionar.


Valor do capital social para cada modalidade de empresa

Além de analisar os custos da empresa para determinar a quantia, você precisa se atentar a qual modalidade se encaixa em sua empresa, pois, em alguns casos, exige-se um valor mínimo inicial para abertura do negócio.


A boa notícia é que, atualmente, nenhuma modalidade pede uma quantia de capital social mínima — com exceção do *Eireli.


Portanto, seja sua empresa Sociedade Limitada, Sociedade Limitada Unipessoal ou Empresário Individual, você pode dar entrada no negócio com qualquer valor.


*Eireli

A modalidade EIRELI — Empresa Individual de Responsabilidade Limitada — não exige, exatamente, um valor mínimo, mas pede a disponibilidade da quantia para a declaração do imposto de renda.


Segundo o Art. 980-A do Código Civil: “A empresa individual de responsabilidade limitada será constituída por uma única pessoa titular da totalidade do capital social, devidamente integralizado, que não será inferior a 100 (cem) vezes o maior salário-mínimo vigente no País.”


Portanto, esse valor seria de cem salários-mínimos — o equivalente a R$120.000 em 2021.


Nesse caso, conforme o valor do salário-mínimo muda anualmente, seu capital social muda também.


E o MEI?

Assim como as outras modalidades, o MEI, Microempreendedor Individual, não precisa declarar um capital social por lei.


Portanto, você pode formalizar seu negócio com qualquer valor!


Como mudar o capital social?

Você pode aumentar ou reduzir seu capital social conforme a necessidade da empresa — é até por isso que não é interessante demorar tanto para definir o valor porque basta trocar depois caso esteja errado.


Contudo, os processos de aumentar ou reduzir o valor declarado são diferentes. Veja como funciona:


Aumento

Existem diversos motivos plausíveis para aumentar o capital social. Entre eles:

● Empréstimos;

● Entrada de novo sócio ou investidor;

● Venda de algum ativo imobilizado.


Para aumentar, será preciso buscar a Junta Comercial para efetuar a mudança e distribuir as cotas entre os sócios novamente.


Redução

Se for para reduzir, a empresa deve atender alguns critérios, tais como:

● Não possuir dívidas ativas;

● Publicar em jornal de larga circulação os motivos e objetivos da diminuição;

Aguardar para ver se alguma pessoa irá se manifestar contra a redução durante 90 dias.


Podemos ajudar na gestão financeira do seu negócio

Se você está com problemas na gestão financeira do seu negócio, a Medzo Consultoria Financeira pode ajudar!


Há 12 anos, estamos junto a empreendedores de negócios de pequeno e médio porte oferecendo soluções completas e seguras que auxiliam no:

● Controle de custos

● Gerenciamento financeiro

● Estruturação de departamentos financeiros

● Tomadas de decisões estratégicas

● Constante e máximo lucro


Entre em contato com a Medzo Consultoria Financeira e conheça o serviço!


Gostou desse artigo? Confira também:

Inadimplência empresarial: descubra como evitar esse risco

5 dúvidas comuns de gestão financeira da pequena e média empresa

Custos Variáveis e Despesas Fixas: conheça as diferenças entre eles

3 visualizações0 comentário