• Medzo Consultoria Empresarial Financeira

Quais são os custos e despesas operacionais da pequena e média empresa?

Controlar bem os custos e despesas operacionais da pequena e média empresa pode fazer toda a diferença no sucesso do negócio.


Afinal, um empreendimento, simplesmente, não funciona por muito tempo sem conseguir pagar os gastos operacionais.


Você sabe quais gastos são esses?


Se sua resposta for não, continue lendo este artigo. Trouxemos, além de quais são os custos e despesas operacionais da pequena e média empresa, 7 dicas incríveis de como reduzir os seus gastos!


MEDZO Consultoria Financeira - custos e despesas operacionais da pequena e média empresa

O que são custos operacionais?

Custos operacionais são todos os gastos necessários para manter o negócio operando da maneira adequada — em palavras mais simples, são contas que, caso não sejam pagas, a empresa não funciona.


Um desses custos, por exemplo, é a conta de energia. Se o pagamento não for realizado, não tem como a empresa operar.


Outros exemplos de gastos nesse sentido são:

● salário;

● matéria-prima;

● água;

● entre outros que falaremos mais adiante.


Diferença entre custo e despesa operacional

Ainda que custo e despesa operacional pareçam ter o mesmo conceito, eles não são iguais.


Enquanto os custos são gastos relacionados ao produto que será comercializado, as despesas estão mais ligadas aos gastos administrativos do negócio.


Por exemplo, um custo operacional seria a matéria-prima para fazer o pão e uma despesa operacional seria o valor de uma campanha de marketing para divulgar a padaria.


É importante diferenciar porque, sabendo os gastos de uma operação, você pode descobrir se a produção de um produto está valendo a pena ou não.


Contudo, de qualquer forma, ambos são essenciais para o funcionamento da empresa.


Por que é importante gerenciar os custos e despesas operacionais da pequena e média empresa?

Não gerenciar os custos e despesas da empresa é um dos maiores erros de um empreendedor iniciante (e até mais antigo) — não é à toa que a maioria das empresas não sobrevive por mais de 5 anos.


Um empreendimento, por menor que seja, possui seus custos e despesas para funcionar e quando a empresa está no início, não há um grande caixa disponível.


Além disso, um negócio em desenvolvimento ainda demanda muito mais investimentos para conseguir crescer.


Por isso, é essencial controlar bem o dinheiro para não ter prejuízo.


Quais são os custos e despesas operacionais da pequena e média empresa?

Os custos e despesas operacionais da pequena e média empresa variam muito de negócio para negócio.


Por isso, a importância de sentar e definir os seus conforme as seguintes categorias:

Despesas fixas

Despesas fixas são os gastos que, independente do quanto você vender, não sofre variação.


Alguns exemplos:

● Salário dos funcionários;

● Conta de internet;

● Aluguel.


Custos e despesas variáveis

Custos e despesas variáveis são gastos que variam conforme o volume de produção ou vendas da empresa.


Alguns exemplos:

● Comissão de funcionário;

● Mercadoria;

● Impostos.

Investimentos

Investimentos são gastos que possuem o potencial de trazer retorno no futuro e todo negócio precisa dele para conseguir crescer.


Então, você também pode separar uma parte dos seus custos e despesas para ele.


Alguns exemplos de aplicações:

● Aquisição de novo espaço;

● Implementação de tecnologias;

● Campanhas de marketing.


MEDZO Consultoria Financeira - O que são custos operacionais

Como calcular os custos operacionais da sua empresa?

O cálculo de custos e despesas operacionais da pequena e média empresa é simples, mas fazem toda a diferença na gestão financeira da sua empresa.


Veja:

Custo operacional = soma dos custos operacionais fixos e variáveis

Despesa operacional = soma das despesas operacionais fixos e variáveis


Não tem segredo: basta saber todos os últimos gastos da sua empresa em determinado período (um mês, por exemplo), pegar a calculadora e fazer os cálculos.


7 dicas de como reduzir custos e despesas operacionais de uma empresa

Saber os custos e despesas operacionais da pequena e média empresa permite ao empreendedor tomar decisões estratégicas sobre o seu negócio.


Se você possui um gasto de R$7.000 mensal para manter seu negócio funcionando e conseguir reduzir 8% desse valor, você tem mais R$6.720 para reinvestir no ano para reinvestir na empresa e gerar mais lucro.


Portanto, confira algumas dicas que podem ajudar a diminuir:


1 - Negocie com fornecedores

A mercadoria é o objeto mais importante e, provavelmente, de maior custo de um negócio.


Sendo assim, negociar com os fornecedores é uma das melhores estratégias para conseguir reduzir os gastos da sua empresa.


Vale a pena reservar um tempo para analisar os contratos ou conversar com o fornecedor para tentar chegar a um acordo aceitável para ambos.


Como uma empresa costuma comprar mercadoria em quantidade, até mesmo uma pequena diminuição de 3% já impacta bastante nos custos.


2 - Aumente a produtividade da equipe

Você já deve conhecer a famosa frase “tempo é dinheiro”, certo?


Processos ineficazes ou demorados demais são perda de dinheiro e você precisa analisar a eficiência dos processos da sua empresa sempre, visando aumentar a produtividade da sua equipe.


Observe, então, quais são as etapas mais lentas do seu negócio e instrua os funcionários para torná-las mais eficazes.


3 - Previna desperdícios

Desperdício significa, literalmente, jogar dinheiro fora.


Por isso, uma das primeiras perguntas que você deve se fazer quando olhar para sua lista de gastos é: o que não está sendo aproveitado como deveria?


Nesse caso, o termo nem se refere apenas a não perder mercadoria, pois deixar luz acesa sem necessidade, continuar com uma estratégia de vendas que não funciona, processos demorados demais também são formas de desperdício.


Logo, você precisa identificar o que não está sendo tão proveitoso quanto deveria e implementar medidas de economia.


É válido também conversar com honestidade com os funcionários e conscientiza-los.


4 - Olhe sempre o custo benefício

Atenção: cuidado com a economia burra.


Na pressa para cortar gastos, alguns empreendedores preferem optar pelo preço mais baixo ao invés da qualidade.


Contudo, é preciso avaliar se realmente compensa realizar certas trocas.


Imagine que você é o dono de uma hamburgueria e resolve substituir a carne do hambúrguer por uma mais barata.


Assim, mudou-se o sabor do lanche, os clientes não gostaram e foram para o concorrente. Você economizou R$0,20 e perdeu várias vendas de R$4,00. Valeu a pena?


Por isso, sempre analise os seus cortes — eles não podem afetar demais a qualidade da empresa.


MEDZO Consultoria Financeira - O Diferença entre custo e despesa operacional

5 - Controle bem os gastos e o estoque

Apesar de ser básico, o desperdício de dinheiro e mercadoria é, sobretudo, resultado da falta de controle dos gastos e do estoque.


Às vezes, o empreendedor não possui uma visão clara de quanto dinheiro tem em caixa ou a quantidade de produtos do estoque, comprando mais do que deveria, adquirindo mercadoria com baixa rotatividade e tomando uma série de decisões ruins que seriam facilmente evitadas por uma planilha de custos e estoque.


Então, comece pelo básico: organize o seu fluxo de caixa e estoque.


6 - Tenha uma reserva de emergência

Há uma categoria de gastos a qual não falamos: a de gastos imprevisíveis.


Em algum momento, por melhor que seja o seu planejamento de gastos, vai surgir uma despesa inesperada.


O cano estourou, a máquina quebrou, uma multa chegou… enfim, são gastos imprevisíveis.


Eles chegam sem você esperar e podem gerar um prejuízo terrível se você demorar para resolvê-los.


Por isso, é importante ter uma reserva de emergência para evitar custos ainda maiores com eles.


7 - Conte com a ajuda da Medzo Consultoria Financeira

A Medzo é uma empresa que ajuda donos de pequenas e médias empresas a melhorarem a administração financeira do seu negócio.


Podemos te ajudar a realizar:


● Controle de custos;

● Gerenciamento financeiro;

● Estruturação de departamentos financeiros;

● Tomadas de decisões estratégicas;

● Constante e máximo lucro.


Entre em contato com a Medzo Consultoria Financeira e conheça o serviço!


Gostou do artigo? Confira também:

Mapeamento dos processos financeiros na pequena e média empresa: como fazer?

Planejamento financeiro para pequenas e médias empresas: saiba como fazer

8 visualizações0 comentário