• Medzo Consultoria Empresarial Financeira

Gerenciamento de custos: Reduzindo e investindo

Atualizado: Jun 6


O custo empresarial é de longe o mais comentado entre os assuntos no mundo das empresas. Muitas vezes ele é o vilão do fluxo de caixa saudável. Saber diferenciar, ou classificar os custos corretamente é um das principais dúvidas dos empresários e gestores. Como provisionar valores para custear a operação se ele – o custo – não é conhecido ou classificado da maneira correta. O que todo empreendedor precisa saber diferenciar em primeiro lugar, é que contas da empresa são da empresa e dos sócios são dos sócios. Misturar isso é bastante perigoso. Mas essa informação é recorrente, já discutimos isso por aqui anteriormente.

Definindo e reduzindo custos

Uma vez conhecendo todos os custos da operação, o próximo passo é definir quais podem – e devem – ser reduzidos. Para isso será necessária uma profunda mudança estrutural em todos os processos da empresa. E principalmente no pessoal envolvido. De nada adianta implantar projetos de redução de custos se os colaboradores não se empenharem em contribuírem para o sucesso do projeto. Afinal, está literalmente nas mãos dos funcionários toda essa reponsabilidade.

Cuidados na redução de custos

É evidente que todos os empresários gostariam de reduzir os custos e obter ganhos reais sobre isso. Mas o cuidado principal que deve ser tomado é justamente que tal redução não interfira na qualidade dos produtos tampouco na capacidade da empresa em gerar retorno para o investimento realizado. Simplificando, a redução não pode afetar de maneira negativa a produtividade do empreendimento. Isso porque se os custos caem muito, a produção também vai cair – em tese – e os lucros vão ser menores, uma vez que a quantidade produzida e provavelmente vendida deverá diminuir. Então é necessário que a redução dos custos, principalmente os operacionais – que estão diretamente ligados a produção – seja realizada com total criteriosidade. Destarte, a produção deverá seguir com maior rentabilidade e menores custeios, garantindo o retorno do investimento realizado e minimizando os riscos de prejuízos no final do ciclo operacional. Post escrito por Juliana Agustineli

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA E OU ELETRÔNICAS GIMENEZ, Levi. OLIVEIRA, Antonio Benedito Silva. CONTABILIDADE PARA GESTORES: uma abordagem para pequenas e médias empresas. São Paulo: Atlas, 2011. SANTOS, Edno Oliveira dos. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DA PEQUENA E MÉDIA EMPRESA. São Paulo: Atlas, 2001.


4 visualizações

© 2023 por Grupo Axis

Telefone/ Whatsapp: (11) 98415-0180
Emails: washington@medzo.com.br | medzo@medzo.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon

Orgulhosamente criado com Wix.com - São Paulo, Brasil