• carolinacardim

Como aumentar as vendas mesmo durante uma crise?

Acredite: é possível aumentar as vendas da sua empresa mesmo durante uma crise econômica.


Todavia, para alcançar esse objetivo (e salvar o seu negócio), é necessário investir em estratégias eficazes, que não somente visem prospectar novos clientes, como também estimular os atuais a comprarem mais produtos.


Nesse artigo, você irá conhecer as melhores estratégias para ajudar a sua empresa a aumentar o faturamento e enfrentar uma crise.


Aproveite a leitura!



6 formas de aumentar as vendas durante uma crise


Sobreviver a uma crise financeira é uma tarefa ainda mais complicada para alguns setores do mercado.


Por exemplo, durante a crise ocasionada pela pandemia do Covid-19, os estabelecimentos que forneciam produtos essenciais, como mercados e farmácias, conseguiram manter um bom ritmo de vendas.


Contudo, empreendimentos menos essenciais, como lojas e restaurantes, tiveram que investir em novas estratégias para manter dinheiro em caixa e conseguir pagar os compromissos financeiros e/ou realizar os investimentos necessários.


Os métodos utilizados por esses gestores para aumentar o capital de giro do negócio foram diversos, como empréstimos e antecipação de recebíveis.


No entanto, a estratégia mais segura para garantir recursos financeiros, sobretudo durante uma crise, é aumentar o faturamento da sua empresa.


Para descobrir como fazer isso, conheça abaixo 6 formas que vão te ajudar a vender mais, mesmo durante uma crise.


1- Fidelize os seus clientes


Além de dispendioso, atrair novos clientes é complicado e pode levar tempo — que provavelmente a sua empresa não possui de sobra.


Desse modo, torna-se mais vantajoso investir em meios de fidelização de clientes, fazendo com que eles voltem a consumir seus produtos, mesmo durante esse momento conturbado.


Dentre as técnicas utilizadas, uma das mais eficazes é disponibilizar descontos a partir de x peças compradas.


Por exemplo: compre 3 peças e a quarta sai por metade do preço (ou de graça).


Só tenha cuidado para não oferecer descontos que prejudiquem mais do que ajudem o seu negócio, ok?


Outra estratégia é criar um clube de vantagens para os clientes, oferecendo descontos ou brindes após um determinado tempo ou quantidade de compras.


Além disso, diversifique as formas de pagamento, facilitando que o cliente consiga adquirir o seu produto e volte mais vezes para garantir uma nova peça.


E claro: promova um atendimento de qualidade! Treine os seus funcionários para serem os mais atenciosos e educados possíveis, fazendo com que o cliente se sinta confortável durante a negociação — seja ela online ou presencial.


2- Invista em novas estratégias de marketing


Por mais que novos investimentos sejam complicados durante uma crise, eles são essenciais para captar novos clientes, assim como fidelizar os antigos.


Um dos principais investimentos que você deve realizar é referente às estratégias de marketing, sobretudo no meio digital. Afinal, para ter novos clientes, é necessário que as pessoas conheçam a sua empresa.


Além disso, com a presença digital será mais difícil que os seus antigos clientes esqueçam a sua marca e migrem para outro fornecedor.


Por esses motivos, minha dica é que você estude as estratégias do marketing digital mais utilizadas atualmente pelas empresas do seu setor.


No entanto, caso não haja tempo suficiente para se dedicar a essa tarefa, minha recomendação é que você contrate um profissional para realizar o trabalho.


3- Venda online

Durante a pandemia do Covid-19, grande parte dos estabelecimentos tiveram de fechar as portas por tempo indeterminado. E foi justamente com a venda online que muitos empresários conseguiram manter os seus negócios funcionando.


Com isso, extraímos uma importante lição: a sua empresa deve comercializar no mundo digital.


Além de facilitar o processo de compra para os seus clientes, que é inclusive o favorito de 74% dos brasileiros, você também consegue aumentar as suas fronteiras e vender para pessoas de outras cidades, estados ou até países.


Ah! Lembre-se também de investir no serviço de delivery para clientes da sua cidade.


4- Crie novos canais de atendimento


Disponibilize aos seus clientes canais de atendimento direto, com os quais eles possam tirar dúvidas sobre os produtos e serviços oferecidos pela sua empresa.


Uma maneira inteligente de fazer isso é por meio dos chatbots, que além de permitirem um atendimento em larga escala, também agilizam o processo, aumentando a experiência do seu cliente.


Outro método é montar uma equipe de atendimento própria ou contratar uma empresa terceirizada, que ofereça suporte via telefone ou chat.


5- Tenha presença digital


A produção de conteúdos digitais é um método eficiente de prospecção passiva, que visa a captação de possíveis clientes através de materiais informativos e educacionais, como artigos, e-books, infográficos ou posts no Instagram.


Para aplicar essa estratégia, você deve conhecer o seu público-alvo e entender quais conteúdos seriam mais interessantes para ele.


Em seguida, crie um perfil nas redes sociais para a sua empresa — ou inclua uma aba de blog em seu site — e comece a produzir conteúdos que chamem a atenção da sua persona.


Essa dica também pode ser aplicada no YouTube, com a produção de vídeos interessantes e informativos.


6- Combine economia com inovação

Durante uma crise financeira, cortar gastos é essencial.


Para isso, muitos gestores investem em estratégias de economia, reduzindo alguns custos e, algumas vezes, diminuindo a qualidade do serviço oferecido.


Mas… e se eu te dissesse que é possível cortar gastos de modo que chame somente atenção positiva?


Uma maneira eficiente para as lojas é substituir os sacos plásticos por sacolas de pano reutilizáveis, que além de estarem super na moda, também ajudam a reduzir a poluição do meio ambiente.


Ah! Uma estratégia interessante, utilizada por grandes redes de supermercado, é oferecer pequenos descontos aos clientes que dispensam os sacos plásticos — reduzindo os custos da empresa com o produto.


Além disso, você pode estudar a possibilidade da sua empresa migrar para o home office, cortando gastos com aluguel, luz, água e demais despesas.


Outras estratégias comuns são tirar do catálogo aqueles produtos com alto custo de produção ou trocar o serviço de delivery próprio por aqueles oferecidos por aplicativos, como Uber Eats e Ifood.


Enfim, o importante é pensar em métodos de diminuir as despesas da sua empresa, sem prejudicar a experiência do seu cliente ou a qualidade do produto oferecido.



Nota final

Investindo nas estratégias certas, você será capaz de segurar as rédeas do seu negócio e guiá-lo de maneira segura por esse caminho conturbado.


Afinal, ao aumentar o faturamento da empresa, o capital de giro ficará mais saudável e você conseguirá quitar suas despesas em dia, evitando os riscos da inadimplência empresarial.


Se tiver dificuldades em organizar as finanças da empresa, conte com a ajuda da Medzo!

Entre em contato com a Medzo Consultoria Financeira e conheça o serviço!


Gostou desse conteúdo? Veja também:

2 visualizações0 comentário