• Robson Martins

Débito ou crédito: qual a melhor forma de pagamento para sua empresa

Atualizado: Jul 1

Débito ou crédito?

Atualmente, é comum escutar essa pergunta nos caixas dos estabelecimentos, afinal, esses dois métodos de pagamentos são os mais utilizados pelos clientes durante as compras.


Inclusive, o crescente uso dessas modalidades fez surgir entre os clientes a dúvida se é melhor efetuar as compras no débito ou no crédito.


Mas… você já parou para pensar qual o melhor método de pagamento para a sua empresa?


Continue comigo nesse artigo e descubra mais informações sobre os pagamentos em débito e crédito, de modo a definir qual o mais benéfico para o seu negócio. Boa leitura!


MEDZO Consultoria Financeira - Qual a diferença entre o débito e crédito

Qual a diferença entre o débito e crédito?


Por mais que necessitem do mesmo equipamento para serem efetuadas — uma máquina de cartão — ainda assim, os pagamentos em crédito e débito se diferem bastante, tanto para o cliente como para a sua empresa.


No entanto, antes de descobrir melhor as diferenças entre esses dois métodos de pagamento, vamos descobrir um pouco mais sobre cada um deles.


Débito

Os pagamentos em débitos são bem similares ao em espécie, uma vez que o banco utiliza o saldo real do cliente para concretizar a compra.


Contudo, a principal diferença entre o pagamento em débito e em espécie para as empresas é a necessidade de pagar uma taxa ao utilizar a modalidade do cartão.


Ademais, as vendas realizadas no débito não caem imediatamente na conta da empresa, pois a operadora verifica a validade do pagamento e até mesmo a existência de fraudes.


Crédito

Bastante utilizado em compras de maior valor, a função crédito permite que os seus clientes dividam as compras em parcelas menores ou efetuem o pagamento completo somente ao final do mês.


Para isso, é necessário que a sua empresa abra mão de uma parte do valor total da compra, que às vezes torna a venda pouco vantajosa.


E assim como a modalidade débito, os valores adquiridos pelas compras com cartão de crédito não são imediatamente transferidos para a conta da sua empresa, uma vez que esperam que o cliente finalize o pagamento.


Dessa forma, pode ser que o valor só seja transferido 30 dias após a venda ter sido efetuada.


Principais diferenças entre esses métodos de pagamento

Para as empresas, as principais diferenças entre esses dois métodos de pagamento estão nas taxas e no prazo para recebimento do valor da compra, sendo que ambos são maiores na função crédito.


Desse modo, a modalidade débito é mais vantajosa para os lojistas, que abrirão mão de somente uma pequena parte do valor total da venda, além de poder receber o pagamento em até 2 dias.


Vantagens dos pagamentos em débito e crédito para a sua empresa

Por mais que haja algumas desvantagens de realizar vendas tanto no crédito como no débito, ainda assim, adotar essa modalidade na sua empresa oferece vantagens incríveis.


Conheça-as abaixo e veja que vale a pena incrementar essas duas modalidades de pagamento em seu negócio.


Atrair mais clientes e aumentar as vendas

As principais vantagens do cartão para os clientes é a segurança e praticidade, afinal, eles não precisam se deslocar ao banco para sacar dinheiro, basta digitar a senha no próprio caixa da loja.


E ao implantar essa modalidade na sua empresa — tanto débito quanto crédito — você acaba atraindo os clientes que utilizam sempre essa forma de pagamento ou que por ventura não estejam com o valor em espécie nesse momento.


Com isso, o número de vendas é elevado, o que compensa muitas vezes o valor perdido com as taxas cobradas pelas máquinas.


Ah! Essa vantagem é maior nas empresas que adotam a função crédito, sobretudo se os produtos forem de alto valor, uma vez que alcança os clientes que desejam comprar, mas não possuem saldo suficiente na hora.


Incentiva os clientes a comprarem mais

Existe um ditado popular que diz “dinheiro na mão escorrega que nem sabão” e seguindo esse preceito, algumas pessoas tendem a controlar mais os seus gastos em espécie.


No entanto, o cenário muda quando o estabelecimento aceita cartão de débito e/ou crédito, visto que o consumidor tende a comprar mais.


Maior organização do fluxo de caixa

Por fim, a última vantagem de adotar o pagamento em cartão está associada à gestão financeira da sua empresa.


Afinal, é muito mais fácil controlar as vendas realizadas com a máquina do que as efetuadas em espécie, evitando divergências durante o fechamento de caixa.


Isso acontece graças aos softwares disponibilizados pelas máquinas de cartão, os quais registram todas as vendas efetuadas no dia, seus devidos valores e taxas a serem cobradas.


Desse modo, você diminui as probabilidades de erros, que podem acontecer devido a falta de atenção do funcionário ou um cálculo mal feito.


Descubra como funcionam essas operações

Atualmente, as operações realizadas com cartões de débito e crédito são bem simples, uma vez que esse método de pagamento está se tornando essencial aos estabelecimentos de todos os portes.


De maneira geral, a operação se inicia com a concretização da venda — após a emissão do recibo — e é finalizada com o débito do valor líquido na conta da empresa.


Afinal, a transferência só é realizada após o prazo mínimo estabelecido pela operadora da máquina de cartão, durante o qual é verificado a validade do pagamento, eliminando possíveis fraudes.


Outros métodos de pagamento que você pode adotar

Além do débito e do crédito, existem outros métodos de pagamento que você pode adotar em seu negócio, de modo a aumentar as vendas e atrair ainda mais clientes.


Conheça um pouco sobre cada um deles abaixo:


Dinheiro


Um dos métodos mais antigos de pagamento e utilizado por 71% dos brasileiros, o dinheiro continua em destaque no mercado.


Além disso, ele é o mais vantajoso para a sua empresa, pois o pagamento é feito sem o auxílio de terceiro, eliminando a cobrança de taxas.


Inclusive, você pode adotar descontos exclusivos para pagamentos em espécie, de modo a influenciar os clientes a optarem por ele.


Boleto bancário

Bastante utilizado por instituições de ensino e ecommerces, o boleto bancário é bem simples: você emite um recibo com o valor total da venda, sendo responsabilidade do cliente efetuar o pagamento até o prazo final.


Essa é uma alternativa bastante segura para ambas as partes, que pode ser implementada com o auxílio de softwares de geração de boletos online.


Pix

Lançado no início de 2021, o Pix está sendo adotado por várias empresas, uma vez que facilita e agiliza o pagamento dos clientes.


Afinal, basta que a pessoa digite o código do Pix ou leia o QR-code que o valor é debitado imediatamente na conta do destinatário, independente do dia ou horário.


Nota final

Em resumo, a função débito é mais vantajosa para as empresas, uma vez que apresenta menores taxas e o valor da compra é transferido em menos tempo.


No entanto, adotar a função crédito também apresenta diversas vantagens, sobretudo se a sua empresa fornecer produtos com valores mais altos.


Por isso, a minha dica final é: preste atenção nas taxas cobradas pelas operadoras em cada modalidade, para decidir se vale a pena utilizá-las durante as vendas ou não.


Afinal, o objetivo de adotar essa modalidade de venda é que seus lucros aumentem e não diminuam.


E se você estiver em dúvida de como realizar esses cálculos, conheça os nossos serviços de consultoria financeira para pequena e média empresa!


Entre em contato com a Medzo Consultoria Financeira e conheça o serviço!


Veja também:

5 dúvidas comuns de gestão financeira da pequena e média empresa

Custos Variáveis e Despesas Fixas: conheça as diferenças entre eles

Relatórios gerenciais: quais a pequena e média empresa precisam acompanhar?

8 visualizações0 comentário