• carolinacardim

Escalabilidade: saiba como acelerar o crescimento da empresa

Escalabilidade é um conceito essencial para todo empreendedor que deseja expandir a sua empresa e aumentar o lucro.


A ideia é simples: aumentar o faturamento sem crescer os custos proporcionalmente.


Contudo, esse processo não é tão fácil assim na prática, pois existem vários desafios que podem, inclusive, causar o efeito inverso e um bom prejuízo.


Quer saber como escalar a sua empresa da forma certa? Nesse artigo, trouxemos 7 dicas para você! Boa leitura.


escalabilidade: gráfico de variação

O que é escalabilidade?


Escalabilidade é a possibilidade de crescer uma empresa sem aumentar os custos proporcionalmente.


Por exemplo, se você vende 3.000 unidades de uma blusa por semana a R$15,00 e o custo para isso é de R$10.000, a intenção é vender 6.000 unidades com um custo de R$15.000.


Ou seja, você aumenta a receita do negócio, mas controla os custos.


Três aspectos fundamentais para escalar uma empresa

O que precisa para uma empresa escalar?


São três elementos principais: facilidade de replicar, valiosidade e abrangência.


Vamos entender um pouco cada um:


Facilidade de replicar

A empresa precisa conseguir criar processos fáceis de ensinar e repetir por outras pessoas.


E, para isso, o negócio precisa se descentralizar das mãos do dono.


Será preciso delegar mais funções para outras pessoas, máquinas ou até mesmo terceirizar para ter escalabilidade.


Valor

O produto ou serviço precisa atender uma boa demanda de pessoas.


Ou seja, precisa gerar valor na sociedade, pois quanto mais valor ela gera, mais fácil é de escalar.


Veja grandes empresas, como a Microsoft ou Uber, que possuem um largo potencial de escala justamente porque atendem muitas pessoas.


Abrangência

Seu negócio tem o potencial de, futuramente, oferecer outros produtos ou serviços.


Por exemplo, o Banco Bradesco oferece seguros, empréstimos, financiamentos, plano de saúde…


Diferença entre escalabilidade horizontal e vertical

Existe ainda o conceito de escalabilidade horizontal e vertical que determinam formas de crescimento distintas.


A escalabilidade horizontal é quando você expande para outras áreas. Por exemplo, as Americanas oferecem produtos no segmento de tecnologia, alimentação, livros e entre diversos outros.


Basicamente, você vai ampliar para outros segmentos do mercado.


Já a escalabilidade vertical é quando você cresce dentro do próprio segmento em busca da liderança do mercado. Um exemplo de empresa assim é a Apple — ela está dentro do ramo de eletrônicos e sua maior expansão nesse próprio nicho.


E qual é a melhor forma?


Depende. Você precisa ponderar qual modelo faz mais sentido para seu negócio.


7 dicas para quem quer aplicar mais escalabilidade no negócio

E agora? Como faço para escalar minha empresa?


Trouxemos 7 conselhos incríveis para você!


Identifique gargalos

Se o número de vendas aumentasse 10x mais na próxima semana, sua empresa estaria pronta para dar conta do recado?


Caso a sua resposta seja não, você precisa identificar o porquê.


Por que não aguentaria a demanda? Por que tal setor sofreria mais que os outros? Por que não teria caixa o suficiente para dar conta?


Você precisa identificar os gargalos da sua empresa — os processos que não são tão eficientes quanto deveriam.


Não basta apenas crescer. Inclusive, crescer em um ritmo acelerado pode até significar a ruína da sua empresa.


Então, mapeie todos os riscos e gargalos do seu negócio antes.


Plano estratégico

É preciso preparação para expandir — preparar caixa, equipe, ambiente… Tudo.


Caso contrário, seu negócio pode até crescer durante um tempo, mas pode despencar em seguida.


Por isso, você precisa de um plano estratégico.


Primeiro, pegue todos aqueles riscos e gargalos e crie um plano de ação para reduzi-los o máximo possível.


Em seguida, estabeleça uma meta de vendas — o quanto você quer vender em um dado período.


Atenção! Mesmo que a intenção seja crescer rápido, é preciso estabelecer um plano realista e que a empresa comporte atender.


Depois, você vai montar um plano de ação prático com tudo que a empresa precisa fazer para alcançar o resultado estipulado.


É importante compartilhar essa meta com os colaboradores para que eles também se sintam empenhados em cumprir.


Busque criar processos

Como andam os processos da sua empresa?


Tire um dia para acompanhar cada um de perto ou combine uma reunião com os líderes dos setores para descobrir o que está funcionando ou não.


Isso é essencial porque, conforme a expansão ocorre, não apenas a equipe precisa estar em sua maior produtividade, como também será necessário contratar mais pessoas e elas precisam se integrar aos processos rapidamente.


Aposte na criatividade e inovação

Para se destacar no mercado, vale a pena investir em inovação e apostar em novas tendências — ainda mais se o seu segmento for bastante competitivo.


Ouse inovar e pensar fora da caixa. As maiores empresas do mundo sempre se atualizam com o tempo.


Por isso:

  • Contrate novas pessoas;

  • Fique de olho em tendências;

  • Faça networking;

  • Invista em novas tecnologias;

  • Busque saber como anda o mercado lá fora.

Aposte no digital

Hoje, mais de 80% dos brasileiros possuem acesso à internet em casa.


Então, diversos empreendimentos estão investindo no digital para aumentar a sua escalabilidade, afinal, você pode atingir gente do Brasil todo – e até do mundo – com um custo bem menor.


Por exemplo, se você quisesse expandir sua loja de roupas no país antes, seria preciso abrir uma unidade em cada estado e com isso, várias despesas com contratação, aluguel, estoque e entre outras. Hoje, você pode criar uma loja virtual e vender para todo país sem ter uma única unidade física.


Por isso, sem dúvidas, o potencial de escala na internet é enorme e a tendência é aumentar nos próximos anos!


Foco no aumento do LTV

É importante trazer clientes novos em processo de escala, mas você também deve buscar desenvolver um relacionamento com eles.


Philip Kotler, um grande nome do marketing, diz que: "Conquistar um novo cliente custa entre 5 e 7 vezes mais do que manter um atual".


Portanto, lembre-se de escalar, mas tentar manter a qualidade do serviço e atendimento.


A Amazon é um exemplo de empresa que apostou no crescimento e na qualidade do serviço, tornando-se uma das maiores companhias do mundo!


Bom planejamento financeiro

Por fim, assim que a decisão de escalar o negócio for tomada, saiba que o seu setor financeiro precisa estar muito bem articulado.


Como falamos, a ideia da escalabilidade é que os custos não sejam proporcionais ao crescimento. Se isso não acontecer, pode ocorrer de o seu fluxo de caixa atingir o breakeven — quando a empresa não lucra, nem perde consideravelmente — ou até mesmo ter um prejuízo enorme.


Por isso, será preciso controlar o volume de vendas e os custos com minúcia desde o início.


Se você precisar de ajuda com a gestão financeira da sua empresa, conte com a ajuda da Medzo Consultoria.


Ajudamos empresas de pequeno e médio porte a aumentarem seu desempenho financeiro e organizacional de sua empresa.


Entre em contato com a Medzo Consultoria Financeira e conheça o serviço!


Gostou de saber sobre escalabilidade? Você vai gostar também de:



4 visualizações0 comentário