• Medzo Consultoria Empresarial Financeira

5 passos da boa gestão financeira

Atualizado: Abr 11

Selecionei 5 passos da gestão financeira da pequena e média empresa.



Você deve imaginar se existe uma fórmula mágica para os negócios caminharem bem.

Veja aqui quais são os 5 passos da boa gestão financeira.


1. Adote um controle sem desculpas de fluxo de caixa

É uma das ferramentas de gestão mais importantes. Controlar o fluxo de caixa diariamente torna a gestão financeira eficaz.

É fundamental registrar todos os recebimentos e pagamentos como mencionei no post anterior. Com eles você saberá o quanto de dinheiro sobrará ou faltará em seu caixa.

Ter uma visão do que irá acontecer no futuro próximo com o caixa da empresa dá segurança ao empresário. Por isso, faça projeções de receitas e despesas de pelo menos 3 meses.

Todos os dias atualize o fluxo de caixa. Ajuste as receitas, atualize as projeções com valores reais quando receber o documento a pagar.

Dessa maneira, você sempre terá os saldos de caixa futuro, o que permite tomar decisões acertadas como investimentos na operação ou contratação de colaboradores sem que a empresa deixe de quitar os compromissos assumidos.


2. Classifique os custos variáveis e despesas fixas

A categorização/classificação dos gastos com custos variáveis e despesas fixas, dentro do fluxo de caixa, irá permitir que você conheça quanto sua empresa precisa gastar para funcionar durante o mês.

Despesas fixas são aquelas que a empresa tem todo mês, independentemente de ter vendido mais ou menos no período. São o aluguel da sala, folha de pagamento do pessoal administrativo e contabilidade, por exemplo.

Já os custos variáveis são aqueles que variam conforme a venda. Podemos citar como exemplo a compra de matéria-prima, insumos e prestadores de serviços diretos.



3. Encare a tecnologia como sua aliada

Veja a tecnologia como sua aliada na gestão financeira. Hoje existem plataformas de gestão para todos os tipos e tamanhos de operações.

Oferecem ferramentas que facilitam o controle e acompanhamento. Mantêm todas as informações em um único local e automatizam tarefas repetitivas, eliminando a necessidade do preenchimento de planilhas e facilitando a criação de relatórios para análises do fluxo de caixa e demonstrativos de resultados.


4. Faça conciliação bancária todos os dias

Faça a conciliação bancária diariamente. É muito importante. É a comparação entre a gestão financeira e o saldo bancário.

O extrato bancário é um documento oficial e confiável. Com isso, você irá confirmar se os números batem ou se há inconsistências de dados.

Para garantir uma apuração correta, guarde os comprovantes financeiros, notas fiscais e extratos bancários. Afinal, irá precisar deles para a montagem do pacote contábil a ser enviado à contabilidade sempre no início do mês seguinte. Mas isso será assunto para outra matéria muito em breve.


5. Acompanhe os resultados de sua empresa

A última dica, e a mais preciosa, é acompanhar o desempenho financeiro de sua empresa, seja ela pequena e/ou média, todos os meses, para saber se a estratégia aplicada tem os impactos esperados.

Alguns relatórios permitem esse acompanhamento: relatório de vendas e faturamento, relatório de contas a receber e inadimplência, demonstrativo de resultados do exercício (DRE), balanço patrimonial, relatórios de apuração de resultados. Esse último possibilitará avaliar a operação com base no consumo real dos recursos dentro de um período.


Parabéns! Agora você conhece os 5 passos da boa gestão financeira.

11 visualizações0 comentário