• Medzo Consultoria Empresarial Financeira

Consultoria empresarial para pequenas empresas: quando fazer?

A consultoria empresarial para pequenas empresas é um investimento que pode salvar o seu negócio e ajudá-lo a voltar a crescer exponencialmente. Qual o momento ideal?


No entanto, é preciso escolher o momento certo para contratar o serviço e assim aproveitar melhor a experiência.


Então… quando fazer uma consultoria empresarial?


Nesse artigo, ajudamos você a entender melhor o serviço e qual o melhor momento para contratá-lo. É só continuar lendo!


O que é consultoria empresarial?


A consultoria empresarial é um serviço especializado em ajudar as empresas a otimizarem a sua gestão

MEDZO Consultoria Financeira - Consultoria empresarial para pequenas empresas

Para isso, o consultor realiza um diagnóstico do negócio buscando encontrar problemas que precisam de solução para que a empresa volte a crescer.


Além disso, também é feita a análise das principais informações do contratante, como finanças e recursos humanos durante a consultoria empresarial.


Através de todos esses dados coletados, o consultor cria um plano de ação estratégico e personalizado que irá ajudar a aumentar a produtividade e crescimento do negócio.

Outra função da consultoria empresarial é ensinar aos administradores como gerir de maneira eficiente a empresa e tomar decisões mais assertivas.


Mas não pense que esse serviço é voltado somente para grandes ou médias empresas no mercado.


Afinal, como você verá abaixo, é possível realizar uma consultoria empresarial para pequenas empresas, basta que elas estejam no momento certo.


Quando fazer uma consultoria empresarial para pequenas empresas?

A consultoria empresarial pode ser aplicada em todo tipo de negócio, inclusive nas micro e pequenas empresas.


Nesse caso, o serviço pode ser procurado, principalmente, nas seguintes situações:


Precisa de ajuda com os problemas da empresa

Um dos objetivos da consultoria empresarial é ajudar a empresa a superar os obstáculos que a impedem de crescer.


Portanto, se o seu negócio está enfrentando um problema que você não consegue solucionar, então, está na hora de chamar um consultor.


Dessa forma, você impede que esse problema tome proporções maiores, gerando piores consequências.


Encontrar um direcionamento

Se eu te perguntasse quais são os objetivos do seu negócio, você saberia responder?


Se a sua resposta for negativa, então, está na hora de contratar uma consultoria empresarial para pequenas empresas para te ajudar a criar os objetivos e direcionar a sua empresa.


Afinal, esse direcionamento permite que você consiga elaborar planos de ação eficazes, organizar a equipe de forma adequada e escolher os investimentos certos.


Visão externa

A consultoria empresarial também te ajuda a ter uma visão externa do seu negócio e encontrar novas vertentes que antes você não havia enxergado.


Você terá à sua disposição opiniões especializadas e que não são influenciadas pelo fator emotivo, já que esse profissional nem é um funcionário da sua empresa.


Inclusive, devo alertar: o consultor possui um papel passivo na equipe, ou seja, mesmo ele apontando o melhor caminho a seguir, cabe a você bater o martelo e decidir.


Como funciona a consultoria empresarial nas pequenas empresas?

Como cada empresa possui seu cenário e obstáculos, então, não há um passo a passo fixo seguido pelos consultores enquanto prestam os seus serviços. O auxílio do consultor tende a ser diferente em cada caso.


Mas, de maneira geral, a consultoria empresarial nas pequenas empresas é prestada a partir de reuniões feitas entre o consultor e o gestor.


Esses encontros, que podem ser virtuais ou presenciais, servem para trocar informações por ambas as partes.


De um lado o gestor, com os relatórios e dados sobre a empresa. Do outro lado, o consultor, com suas ideias e orientações relacionados aos problemas.


As reuniões seguem um planejamento criado pelo consultor durante o primeiro encontro e costuma ter esse padrão: avaliar os resultados do último encontro e fechar com novas ideias para aprimorar ainda mais o plano de ação.


Ademais, também não há um limite relacionado a quantidade e duração desses encontros — isso é acordado entre você e o profissional.


Vale lembrar que esse serviço é gradual, ou seja, os resultados da consultoria dependem de diversos fatores e testes. Deve-se ter paciência e continuar seguindo as orientações de seu consultor até conseguir os resultados esperados.


MEDZO Consultoria Financeira - Consultoria empresarial

Vantagens da consultoria empresarial para pequenas empresas

A consultoria empresarial nas pequenas empresas pode ser a solução de vários problemas que antes pareciam impossíveis de serem solucionados.


Além disso, esse serviço também proporciona vários benefícios aos contratantes e seus negócios.


Descubra abaixo 5 vantagens de fazer uma consultoria empresarial:


1 - Auxílio da tomada de decisões

Uma das maiores dificuldades dos gestores das pequenas empresas é tomar as decisões mais importantes.


Afinal, o comum é que somente uma pessoa esteja à frente de todo o negócio.

Todavia, ao contratar uma consultoria empresarial, você terá um auxílio especializado durante essa etapa, que além de te apoiar, irá te ensinar a fazer escolhas assertivas.


Dessa forma, quando o serviço acabar, você estará mais confiante para tomar as decisões, mesmo estando sozinho.


2 - Oferece opiniões especializadas e neutras

O empreendedor, muitas vezes, possui uma visão “romantizada” do negócio — acredita que a situação não está tão ruim ou se apega a ideias antigas.


Um consultor, além de oferecer opiniões especializadas e com fundamentos técnicos, também possui uma visão neutra em relação ao seu negócio.


O que é excelente para testar projetos ousados, enxergar defeitos no plano de ação existente ou analisar estratégias ineficientes.


Afinal, ao deixar de lado o fator emotivo presente nos gestores, é possível obter uma visão mais ampla e clara do negócio.


3 - Te ajuda a enxergar novas possibilidades

A partir da perspectiva explicada no ponto anterior, você também aprenderá a enxergar o seu negócio “de fora” e abrir a sua mente para novas possibilidades.


Ou seja, reconhecer que é necessário modernizar um serviço da empresa, saber o momento certo de abandonar uma estratégia ou conseguir identificar os problemas que surgirem.


Com isso, você será capaz de tomar as rédeas de seu negócio e levá-lo a outro patamar, sem mais precisar dos conselhos de um consultor.


4 - Aumenta a produtividade da empresa

Como você já sabe, dois objetivos da consultoria empresarial para pequenas empresas são identificar os problemas e criar um plano de ação eficaz.


Com o tempo, essas duas estratégias vão fazer a produtividade de seu negócio aumentar, assim como o seu lucro.


Afinal, os pontos negativos serão eliminados da rotina da empresa e, caso outros surjam, você saberá lidar melhor.


5 - Ensina a diferenciar os bons dos maus investimentos

Um dos conhecimentos adquiridos durante a consultoria é saber identificar quais são os investimentos que valem a pena.


Até porque, nesse ponto, você:

● Consegue separar a emoção da razão;

● Aprendeu a visualizar os erros do seu negócio;

● É mais confiante;

● Tem a mente aberta a novas possibilidades.


E todos esses fatores são primordiais para diferenciar bons ou maus investimentos.


Conclusão

A consultoria empresarial para pequenas empresas te ajuda a elevar o nível do seu negócio, solucionar problemas e otimizar a sua rotina.


Portanto, se você deseja obter todas essas vantagens, invista nesse serviço e veja o seu negócio crescer!


E se você estiver precisando de ajuda com as finanças do seu negócio, MEDZO Consultoria Financeira!


Aqui na Medzo você encontra um serviço de consultoria especializado em melhorar o desempenho de sua empresa, fornecendo soluções seguras e completas voltadas para a área financeira.


Afinal, onde você vê números, nós enxergamos resultados!


Gostou desse artigo? Você também vai gostar desses:

Planejamento financeiro para pequenas e médias empresas: saiba como fazer.

Organizando a empresa: planejamento e controle

Gestão financeira e o planejamento de capital de giro

2 visualizações0 comentário